O Santo do Dia - Santa Ângela Merici (1 de Junho)

(ver anterior, dia 31 de Maio)

Santa Ângela Merici
(1 de Junho)
Virgem
(festa de 3ª classe - paramentos brancos)


Sta. Ângela Merici, nascida em Desenzano, junto ao lago de Garda, na Itália do Norte, recebeu uma firma educação cristã, a que soube da o devido valor. "As desordens da sociedade, dizia ela, têm origem nas da família: há muito poucas mães verdadeiramente cristãs." Para remediar este mal fundou a Congregação das Ursulinas, para a educação cristã das raparigas. Sta. Ângela morreu em Bréscia a 24 de Janeiro de 1540.

(continuação, dia 2)

O Santo do Dia - Festa de Maria Rainha (31 de Maio)

(ver anterior, dia 29)

Maria Rainha
(31 de Maio)


(festa de 2ª classe - paramentos Brancos)

O povo cristão, com sua segura intuição, reconheceu sempre a dignidade Real da mãe do "Rei dos Reis e Senhor dos Senhores". Os Santos Padres, Doutores e Papas foram os intérpretes autorizados desta tradição; e o triunfal testemunho desta crença comum resplandece na arte e na penetrante catequese da liturgia. Por sua vez, os teólogos mostraram com suecesso quanto o título Real convinha à Mãe de Deus, intimamente associada à obra redentora de seu Filho, e mediadora de todas as graças.

Respondendo ao voto unânime dos fiéis e pastores, S. S. Pio XII institui, pela encíclica de 11 de Outubro de 1954, a festa de Maria Rainha, sancionando assim o culto que já todos os cristãos prestavam, no seu coração, à soberana do Céu e da Terra.
A epístola põe em relevo o reino da Sabedoria, cujos privilégios a Liturgia aplica a Maria. O Evangelho anuncia o Reino de Cristo, fonte e origem do de Sua Mãe.



No mesmo dia:

Santa Petronila
(31 de Maio)
Virgem
(comemoração - paramentos brancos)

Sta. Petronila é uma santa romana, enterrada no cemitério de Domitila. A lenda faz dela filha espiritual de S. Pedro, o que lhe valeu um culto muito intenso, que, na França, vem desde o tempo dos Reis Carolíngios, muito devotos da Santa Sé. O culto de Sta. Petronila foi, durante séculos, uma das tradições da Casa de França.






(continuação, dia 1 de Junho)

O Santo do Dia - São Félix I (30 de Maio)

(ver anterior, dia 29)

São Félix I
(29 de Maio)
Papa e Mártir
(festa de 3ª classe - paramentos vermelhos)


S. Félix I, que governou a Igreja de 268 a 273, parece ter sido confundido com o mártir S. Félix, vítima de perseguição de Aureliano. O Papa S. Félix foi enterrado na "cripta dos Papas", nas catacumbas de S. Calisto.

(continuação, dia 31)

O Santo do dia - Santa Maria Madalena de Pazzi (29 de Maio)

(ver anterior, dia 28)

Santa Maria Madalena de Pazzi
(29 de Maio)
Virgem
(festa de 3ª classe - paramentos brancos)


Sta. Maria Madalena, filha de uma grande família de Florença, os Pazzi, entrou para o Carmelo aos 15 anos. Entregou-se durante toda a vida a terríveis penitências; tinha por divisa "sofrer e não morrer". Morreu a 25 de Maio de 1607, aos 41 anos. Seu corpo, que ela tinha mortificado tanto, conservou-se até nossas dias sem corrupção.

(continuação, dia 30)

O Santo do Dia - Santo Agostinho de Cantuária (28 de Maio)

(ver anterior, dia 27)

Santo Agostinho de Cantuária
(28 de Maio)
Bispo e Confessor
(festa de 3ª classe - paramentos brancos)


Sto. Agostinho, monge do mosteiro de Sto. André do monte Célio, em Roma, foi mandado para a Grã-Bretanha por S. Gregório, para evangelizar os Anglo-Saxões. Hoje sabe-se que foi por expresso pedido dos Reis ingleses que se iniciou esta missão; aqueles soberanos queriam que os seus súbditos participassem na velha Civilização Romana. Sto. Agostinho, com quarenta confrades, teve a felicidade de converter Etelberto, Rei do Kent, cuja mulher era cristã; baptizou-se no dia de Pentecostes de 597 com muitos dos seus vassalos. No mesmo ano foi consagrado Bispo, e em 601 o Papa enviou-lhe o Pálio com a dignidade de Primado da Inglaterra. Sto. Agostinho morreu a 26 de Maio de 604 ou 605.


(continuação, dia 21)

O Santo do dia - São Beda (27 de Maio)

(ver anterior, dia 26)


São Beda, o Venerável
Confessor e Doutor
(festa de 3ª classe - paramentos Brancos)

Benda, nascido em Yarrow, na Inglaterra, foi confiado desde tenra idade a Bento Biscop, Abade do mosteiro beneditino de Wearmouth. Tornando-se também monge, "o mais observante e o mais feliz de todos os monges", foi ao mesmo tempo um dos mais sábios homens da Igreja em seu século. Comentou abundantemente a Sagrada Escritura em sermões e homilias que o breviário usa frequentemente. Morreu em Yarrow no dia 25 de maio de 735. Leão XIII colocou-o entre os doutores. 







No mesmo dia:

São João I
(27 de Maio)
Papa e Mártir
(comemoração - paramentos vermelhos)

O Pontificado do Papa João I (523-526) coincide com a época das devastações de Teodorico na Itália. Perseguido por este rei ariano, morreu na prisão, em Ravena, a 18 de Maio de 526. 27 de Maio é o que dia em que o seu corpo foi levado para Roma







(continuação, dia 28)

O Santo do Dia - São Filipe Néri (26 de Maio)

(ver anterior, dia 25)

São Filipe Néri
(26 de Maio)
Confessor
(festa de 3ª classe - paramentos brancos)


São Filipe Néri. nascido em Florença em 1515, viveu sempre em Roma, onde foi das pessoas mais influentes do se tempo. Tinha um carácter original, alegre, mas sua alma ardente ardia em amor ilimitado a Deus; À gente de todas as espécies, que abordava e convertia, dirigia e aconselhava com segurança excepcional. Depois de ter vivido como peregrino ou eremita das ruas durante quinze anos, foi ordenado sacerdote aos 36 anos e agrupou à sua volta uns vinte padres que formaram a "Congregação dos Padres Seculares do Oratório". Mas a vida de S. Filipe continuou a ser sempre a mesma, original e radiante de santidade. Morreu em 1595. Os textos da Missa sublinham o ardente amor a Deus que o animava.

(continuação, dia 27)

O Santo do Dia - São Gregório VII (25 de Maio)

(ver anterior, dia 20)

São Gregório VII
(25 de Maio)
Papa e Confessor
(festa de 3ª classe - paramentos brancos)


No século XI a Igreja, submetida aos senhores leigos, sofria de um rebaixamento no nível moral do clero. Mas breve se organizou uma reforma a que o monge cluniacense Hildebrando veio por sua vez a ser Papa em 1073, como nome de Gregório VII. Travou luta contra a investidura leiga, fonte dos males que a Igreja sofria. Sua energética atitude valeu-lhe a inimizade do Imperador Henrique IV. Uma intervenção armada de Henrique obrigou-o a deixar Roma. Morreu em Salerno aos 25 de Maio de 1085, aparentemente vencido, mas os princípios pelos quais havia sofrido não tardaram a ser universalmente aceites.




No mesmo dia:

Santo Urbano
(25 de Maio)
Papa e Mártir
(comemoração  paramentos vermelhos)

Os anos Pontificado de Sto. Urbano I (222-230) foram anos de tréguas no meio das perseguições do século III; mas foram também desolados pelo cisma de Hipólito, que a Igreja Romana sofreu durante quase vinte anos. 





(continuação, dia 26)

O Santo do Dia - S. Bernardo de Sena (20 de Maio)

(ver anterior, dia 19)

São Bernardo de Sena
(20 de Maio)
Confessor
(festa de 3ª classe - paramentos vermelhos)


S. Bernardo de Sena, nascido em Massa, na Maremma toscana, entrou aos vinte e dois anos na Ordem dos Franciscanos, de que é uma das glórias. Tornando-se geral da Ordem, renunciou a este cargo para se entregar à pregação. Percorrendo cidades e aldeias pregava o nome de Jesus com tal amor que submetia, e transportava as almas. Faz inumeráveis conversões. Morreu em Aquileia em pleno trabalho apostólico a 20 de Maio de 1444 e foi canonizado seis anos mais tarde.

(continuação, dia 21)

O Santo do Dia - São Pedro Celestino (19 de Maio)

(ver anterior, dia 18)

São Pedro Celestino
(19 de Maio)
Papa e Confessor
(festa de 3ª classe - paramentos brancos)


S. Pedro Celestino foi Papa alguns meses. Tinha já 70 anos quando vieram arranca-lo à solidão da vida monástica, para o obrigar a aceitar o duro cargo de Chefe da Igreja; a cadeira Apostólica estava vaga há vinte e sete meses; teve de aceitar. Mas alguns meses mais tarde renunciou voluntariamente ao Trono Pontifício. Morreu a 19 de Maio de 1296. Filho de S. Bento, cujas lições de humildade praticou em tão alto grau, S. Pedro Celestino tinha visto afluir ao deserto numerosos discípulos atraídos pela santidade da sua vida. Foi ele quem deu origem ao ramo da Ordem de S. Bento, "os Celestinos", cujas observâncias são semelhantes à dos Cistercienses ; esta ordem desapareceu com a Revolução [anti] francesa.




No mesmo dia:

Santa Pudenciana
(19 de Maio)
Virgem
(comemoração - paramentos brancos)

O culto de Sta. Pudenciana está em relação com a fundação da igreja titular de Pudens, uma das mais antigas de Roma. A "ecclesia Pudentiana" (estação da 3ª terça-feira da Quaresma) está construída no lugar da casa de Pudens, senador romano, que segundo a tradição, hospedou S. Pedro.

(continuação, dia 20)

O Santo do Dia - São Venâncio (18 de Maio)

(ver anterior, dia 17)

São Venâncio
(18 de Maio)
Mártir
(festa de 3ª classe - paramentos vermelhos)


S. Venâncio era um bispo dálmata, mártir da perseguição de Décio, cerca de 250. Seu corpo foi levado para Roma por João IV. É o Padroeiro de Camerino, nas Marcas.

(continuação, dia 19)

O Santo do Dia - São Pascoal Baylon (17 de Maio)

(ver anterior, dia 16)

São Pascoal Baylon
(17 de Maio)
Confessor
(festa de 3ª classe - paramentos brancos)


S. Pascoal, pobre pastor aragonês, entrou aos vinte e quatro anos para irmão converso na Ordem de Frades Menores descalços, e aí se tornou modelo de austeridade, de obediência e de pobreza absoluta. Meditava tão profundamente nas coisas de Deus, que caía muita vezes em êxtase. Animava-o uma grande devoção à sagrada Eucaristia e passava horas em oração diante o sacrário. Morreu aos 17 de Maio de 1592. Leão III proclamou-o Patrono dos congressos e de todas as obras eucarísticas.


(continuação, dia 18)

O Santo do Dia - Santo Ubaldo (16 de Maio)

(ver anterior, dia 15)

Santo Ubaldo
(16 de Maio)
Bispo e Confessor
(festa de 3ª classe - paramentos brancos)


Sto. Ubaldo, Bispo de Gubbio, sua cidade natal, deixou na Itália central a lembrança de um Bispo inteiramente consagrado aos deveres do seu múnus. Levou vida de grande austeridade. A colecta da Missa faz alusão ao seu poder sobre os demónios. Pertencia à Ordem dos Cónegos Regulares de Sto. Agostinho. Morreu a 16 de Maio de 1160.

(continuação, dia 17)

O Santo do Dia - São João Baptista de la Salle (15 de Maio)

(ver anterior, dia 14)

São João Baptista de la Salle
(15 de Maio)
Confessor
(comemoração - paramentos vermelhos)


S. João Baptista de la Salle pertencia a uma nobre família de Reims. Vindo a ser padre e cónego da diocese de Reims, renunciou ao seu canonicato e dedicou-se à educação de crianças pobres. Fundou os "Irmãos das Escolas Cristãs", que se espalharam por todo o mundo; herdeiros do seu espírito, consagraram, como ele, toda a sua vida à formação cristã das crianças e jovens. S. João Baptista de la Salle morreu em Ruão a 7 de Abril de 1719. Foi canonizado por Leão XIII. Pio XII deu-o por Padroeiro a todos os educadores da juventude.

(continuação, dia 16)

O Santo do Dia - São Bonifácio de Tarso (14 de Maio)

(ver anterior, dia 13)

São Bonifácio de Tarso
(14 de Maio)
Mártir
(comemoração - paramentos vermelhos)


A liturgia romana festeja hoje um Mártir de Tarso, cujas relíquias foram levadas para Roma em época muito remota. O culto de S. Bonifácio, vindo do Oriente, manteve-se em Roma a 14 de Maio, que parece ser a data da transladação do seu corpo.


(continuação, dia 15)

O Santo do Dia - São Roberto Belarmino (13 de Maio)

(ver anterior, 12 de Maio)


São Roberto Belarmino
(13 de Maio)
Bispo, Confessor e Doutor
(festa de 3ª classe - paramentos brancos)

S. Roberto Belarmino era professor de Teologia e pregador em Lovaina; depois foi encarregado de dar cursos de controvérsia em Roma, onde teve como penitente S. Luís Gonzaga; daí foi enviado a França por Xisto V, em missão diplomática; mais tarde veio a ser Provincial dos Jesuítas, em Nápoles, e finalmente Cardeal. Prestou os mais relevantes serviços aos Papas do seu tempo. COm seus livros de controvérsia deu terríveis golpes no protestantismo. Não menos influência teve o seu catecismo, traduzido em quarenta línguas, que espalhava por toda a parte um conhecimento seguro da Doutrina Cristã. S. Roberto morreu em Roma a 17 de Setembro de 1621; e foi canonizado por Pio XI em 1930 e proclamado Doutor da Igreja em 1931. 

* No dia 13 de Maio celebra-se também a primeira Aparição de Nossa Senhora em Fátima, Portugal. 

(continuação, dia 14)

O Santo do Dia - Beata Joana, Princesa de Portugal (12 de maio)

(ver anterior, dia 11)


Beata Joana, Princesa de Portugal
(12 de Maio)
Princesa de Portugal e Virgem


(festa de 3ª classe - paramentos brancos)

Filha d'El Rei D. Afonso V, nasceu em 1452. Desde menina se lhe dispôs mais o espírito para o serviço de Deus e cuidado dos pobres que para o luxo e grandezas da Côrte. Recolheu-se ao Mosteiro de Odivelas, donde passou, no ano seguinte, para o de Jesus em Aveiro, no qual veio a falecer em 1490. Seu culto foi confirmado por Inocêncio XII.

* D. João II, Rei de Portugal, filho de Afonso V, e irmão da Beata Joana, tinha fama de santidade, e sendo-lhe ainda reconhecido alguns milagres. No tempo do Cardeal-Rei Henrique, o seu corpo foi exumado e encontrado incorrupto (os seus últimos momentos)


(continuação, dia 13)

O Santo do Dia - São Filipe e São Tiago (11 de Maio)

(ver anterior, dia 10)


São Filipe e São Tiago
Apóstolos
(11 de Maio)


(festa de 2ª classe - paramentos vermelhos)


As festas dos Apóstolos, que se distribuem por todo o ano, eram outrora dias santos. A de S. Filipe e de S. Tiago, a 11 de Maio, lembra a transladação solene das suas relíquias para Roma, para a igreja dos Santos Apóstolos, que lhes é dedicada. É lá que se faz a estação em todas as sextas-feiras das Quatro-Têmporas e na Quinta-Feira de Páscoa.

Como Pedro e André, Filipe era de Betsaida, na Galileia. Parece ter gozado de certa intimidade com Jesus; foi a ele que o Senhor se dirigiu no momento da multiplicação dos pães, e foi também por seu intermédio que os gentios se dirigiram a Jesus. Devemos a uma pergunta sua a resposta do Mestre: "Filipe, quem me vê, vê também o Pai" - ir a Cristo é ir a Deus. As mais antigas tradições colocam o ministério de Filipe na Frígia; parece ter morrido em Hierápolis.

S. Tiago, chamado o "o menos" para se distinguir do irmão de João, era de Caná, na Galileia, e primo de Jesus. Foi o primeiro Bispo de Jerusalém. É dele que fala S. Paulo quando diz: "Não vi nenhum Apóstolo a não ser Tiago, irmão do Senhor." Por não renegar a Cristo foi precipitado do cimo do terraço do Templo e acabaram-no depois às pauladas. Os nomes de S. Filipe e S. Tiago vêm no Cânon da Missa. 

(continuação, dia 12)

O Santo do Dia - Santo Antonino (10 de Maio)

(ver anterior, dia 9)


Santo Antonino
Bispo e Confessor
(10 de Maio)
(festa de 3ª classe - paramentos brancos)


Sto. Antonino, Bispo de Florença, era dominicano. No seu múnus pastoral deu mostras de uma caridade sem limites, que fez o seu título de glória. Era tão prudente que lhe chamaram "Antonino dos conselhos". Morreu a 2 de Maio de 1459.








No mesmo dia:

São Gordiano e Santo Epímaco
Mártires
(comemoração - paramentos vermelhos)

S. Gordiano e Sto. Epícamaco são dois mártires cujos túmulos, muito antigos, foram encontrados na via Latina, em Roma.






(continuação, dia 10)

O Santo do Dia - São Gregório Nazianzeno (9 de Maio)

(ver anterior, dia 7)


São Gregório Nazianzeno
Bispo, Confessor e Doutor
(9 de Maio)
(festa de 3ª classe - paramentos brancos)


S. Gregório nasceu em Capadócia. Fez estudos aprofundados em Atenas ao mesmo tempo que S. Basílio, com o qual esteve sempre unido por laços de santa amizade: irmãos de estudo, foram-no também na vida monástica e no episcopado. S. Gregório, Bispo de Nazianzo, foi-o depois de Constantinopla, ocupadando a Sé da cidade imperial numa época muito perturbada. Resignou ao seu múnus para bem da paz. Depois voltou a Nazianzo, onde se entregou inteiramente à contemplação e a escrever obras teológicas. Exprimiu tão sabiamente a teologia das três pessoas divinas, que os Gregos lhe chamam "o teólogo". Morreu à volta de 389. É um dos Doutores da Igreja. 

(continuação, dia 10)

6 de MAIO DE 1747 - ROMA


A 6 de Maio de 1747 a Capela de S. João Baptista foi armada em Roma para que o Papa Bento XIV a sagrasse e nela rezasse a primeira Missa. Posteriormente, a capela foi desmontada e embalada, para fazer a viagem até Lisboa para ser definitivamente montada na Igreja de S. Roque (Lisboa).

O Santo do Dia - Santo Estanislau (7 de Maio)

(ver anterior, dia 5)


Santo Estanislau
Bispo e Mártir
(7 de Maio)
(festa de 3ª classe - paramentos vermelhos)


Sto. Estanislau, Bispo de Cracóvia de 1072 a 1079, foi assassinado por ordem de Boleslau II, Rei da Polónia a 8 de Maio de 1079. Desconhecem-se os motivos do seu martírio. Foi canonizado pelo Papa Inocêncio IV a 17 de Dezembro de 1253.. Sto. Estanislau é um dos Padroeiros da Polónia. 

(continuação, dia 9)

O Santo do Dia - São Pio V (5 de Maio)

(ver anterior, dia 4)

São Pio V
Papa e Confessor
(5 de Maio)
(festa de 3ª classe - paramentos brancos)


Tendo nascido em 1504, S. Pio V entrou para a Ordem dos Pregadores aos 14 anos; tinha 62 anos quando foi eleito Papa. Embora breve, o seu Pontificado foi um dos mais fecundos do século XVI. Replicou o protestantismo, que tinha proclamado a reforma, com a aplicação dos decretos do Concílio de Trento sobre a reforma da Igreja; teve grande influência no regresso do clero à disciplina eclesiástica. Conseguiu reunir as forças cristãs contra o Islão, que ameaçava o Ocidente; e, pelas orações públicas feitas, a seu pedido em toda a parte, obteve a vitória decisiva de Lepanto, em 1571. Morreu no ano seguinte no dia 1 de Maio de 1572. Deve-se também a S. Pio V a reforma dos livros litúrgicos.


(continuação, dia 7)

O Santo do Dia - Santa Mónica (4 de Maio)

(ver anterior, dia 3)

Santa Mónica
Viúva
(4 de Maio)
(festa de 3ª classe - paramentos brancos)


Atribuindo às lágrimas e orações de Sta. Mónica a conversão de seu filho (colecta) e aplicando-lhe o Evangelho da viúva de Naim, a Igreja lembra-nos tudo o que Sto. Agostinho deve à sua mãe. Sta. Mónica parece ter nascido em Tagaste, na África, em 332; morreu em Óstia em 387. O dia 4 de Maio é o aniversário da transferência de uma parte das suas relíquias para o Mosteiro de Arrouaise, França.

(continuação, dia 5)

O Santo do Dia - São Alexandre (3 de Maio)

(ver anterior, dia 2)



Santo Alexandre
Papa e Mártir
(3 de Maio)

Santo Evêncio e São Teodulo
Mártires

São Juvenal 
Bispo e Confessor
(comemoração - paramentos vermelhos)



O martirológico romano faz hoje comemoração de um grupo de mártires que tinham seus túmulos na Via Nomentana, e também de S. Juvenal, Bispo de Narni, falecido no século IV.


(continuação, dia 4)

O Santo do Dia - Santo Atanásio (2 de Maio)

(ver anterior, dia 1)

Santo Atanásio
Bispo, Confessor e Doutor
(2 de Maio)
(festa de 3ª classe - paramentos brancos)


Sto. Atanásio, Bispo de Alexandria, grande defensor da Fé Ortodoxa, combateu toda a vida à heresia ariana. Negando a Divindade do Verbo , os arianos consideravam Cristo um simples homem, apenas mais elevado pela graça do que os outros. Sto. Atanásio participou no Concílio de Niceia em 325 e manteve-se até ao fim defensor da Fé definida pelo Concílio. A Igreja venera nele um dos seus maiores doutores. A epístola e o evangelho da Missa evocam bem as perseguições que teve de suportar para manter a verdadeira doutrina sobre a pessoa de Cristo: esteve cinco vezes no exílio, afastado da sua igreja. Morreu em Alexandria em 373, depois de um logo exílio de 46 anos.


(continuação, dia 3)